Meningocócica C

Vacina Meningocócica C

A Vacina Meningocócica C previne doenças causadas pelo meningococo C (incluindo meningite e meningococcemia).

Trata-se de vacina inativada, portanto, não causa a doença.

Contém antígeno formado por componente da cápsula da bactéria (oligossacarídeo) do sorogrupo C conjugado a uma proteína que pode ser o toxóide tetânico ou o mutante atóxico da toxina diftérica, chamado CRM 197.​

Via de aplicação — Intramuscular

​Indicações da Vacina da Meningocócica C

A Vacina Meningocócica C é indicada para:

  • Crianças: PNI disponibiliza três doses da vacina: aos 3 e 5 meses, com reforço aos 12 meses (podendo ser aplicado até os 4 anos).
  • Além disso, as sociedades brasileiras de Pediatria (SBP) e de Imunizações (SBIm) recomendam que, além dessas doses, sejam feitos reforços entre 5 e 6 e aos 11 anos de idade;
  • Adolescentes de 12 e 13 anos, o PNI oferece dose única ou reforço, de acordo com a situação vacinal. A SBP e a SBIm recomendam, para os não vacinados, duas doses com intervalo de cinco anos;
  • Adultos e idosos, dependendo da situação epidemiológica;
  • Pessoas de qualquer idade, principalmente com doenças que aumentem o risco para a doença meningocócica;
  • Viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.

Contraindicações da Vacina

Pessoas que tiveram anafilaxia após uso de algum componente da vacina para meningite ou após dose anterior.

​Esquema de doses da Vacina Meningocócica C

  • O PNI disponibiliza três doses da vacina: aos 3 e 5 meses, com reforço aos 12 meses (podendo ser aplicado até os 4 anos).
  • As sociedades brasileiras de Pediatria (SBP) e de Imunizações (SBIm) recomendam que, além dessas doses, sejam feitos reforços entre 5 e 6 e aos 11 anos de idade;
  • Para adolescentes, a SBP e a SBIm recomendam duas doses com intervalo de cinco anos, preferencialmente da vacina meningocócica conjugada ACWY. O PNI, a partir de 2017, passou a disponibilizar uma dose para adolescentes de 12 e 13 anos (como reforço do esquema infantil ou como dose única nesta faixa etária);
  • Para adultos, somente em situações que justifiquem, em dose única;
  • A SBIm recomenda que a vacina meningocócica conjugada quadrivalente (ACWY) seja preferida para crianças, adolescentes e adultos, visto conferir proteção para três outros tipos de meningococos, além do C.
  • Porém, em todas essas faixas etárias, na impossibilidade de usar a vacina ACWY, deve-se utilizar a meningocócica C (ver calendários de vacinação: Criança, Adolescente, Mulher, Homem e Idoso).